A existencia do oposto

Homem, mulher, claro,escuro, triste,contente, são apenas alguns exemplos que constatam a presença do oposto. O sim e o não é o que está mais presente na vida do homem. Nos computadores temos o sistema binario constituido por 1ºs e 0ºs (o sim e o não). Será compreensivel enaltecer a existencia de um oposto sempre que uma dada coisa exista? Poderá uma coisa ser orfa de oposto? Talvez a caracterização da coisa exija a preseça do oposto! O que faz o ser humano progredir é esse mesmo oposto, pelo menos na maior parte das vezes. O que seria desejavel era que houvesse progressão mesmo sem haver o tal oposto. Poderia-se tentar criar classes sem opostos. Traria certamente novos valores,horizontes de progressão que permitiria uma melhor utilização do potencial ser humano! Mas como?

Share

Leave a Reply