Tempo irreflectido

Existe no ser humano muitas razões que o levam a viver, tendo umas um peso maior ou menor conforme as caracteristicas individuais do mesmo. Mas pensar no tempo que falta viver, olhar para o presente e ver que no futuro ainda iremos viver, pensar como se fossemos eternos talvez seja a maior razão para uma pessoa viver. Claro que nos jovens esta razão é mais acentuada mais penso que continua a existir mesmo nas pessoas muito velhas. Não olhar para a morte, não pensar nela mas sim na vida como algo sempre presente. A isto poderemos dar o nome de Tempo irreflectido, algo presente no ser e que lhe permite viver mas algo que não é pensado, como se não estivesse presente. Se pararmos para pensar um pouco neste tempo poderemos encontrar aspectos negativos como a inconsequencia de actos individuais humanos, a insignificancia do valor produzido. Pensar nestes termos poderá produzir sentimentos de frustração, no entanto poderá fazer o individuo questionar a sua existencia, a sua escala de valores, aquilo que lhe faz feliz. Pensar em termos existenciais poderá produzir uma maior proximidade do ser com aquilo a que ele esta mais susceptivel e consequentemente produzir na sua vida uma maior felecidade.

Share

Leave a Reply